ESTADO EM QUE A UNIDADE DE CONSELHO DE RADIOLOGIA 19 REGIÃO FOI ENTREGUE

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DA DIRETORIA EXECUTIVA INTERVENTORA E PROVISÓRIA DO CONSELHO REGIONAL DE TÉCNICO EM RADIOLOGIA 19ª REGIÃO

MÊS DE JULHO 2022

CRTR 19ª REGIÃO – CONSELHO REGIONAL DE TÉCNICOS EM RADIOLOGIA

Rua Michel Fokine, nº 11, QD: Q, Conjunto Shangrilar IV – Parque 10 de Novembro, Manaus – AM CEP: 69054-739  Fone: (92) 3308-6914  Fax: (92) 313-9583 Email: [email protected] / Site: www.crtr19.gov.br

MANAUS/AM

2022

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DA DIRETORIA EXECUTIVA INTERVENTORA, REFERENTE AO PERÍODO DE ______________ À ______________

O Conselho de Técnicos em Radiologia da 19ª Região, com jurisdição dos Estados do Amazonas/AM e Roraima/RR, é dotado de personalidade jurídica de direito público, com autonomia administrativa e financeira, constitui juntamente como Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia e demais regionais, uma Autarquia Federa, criada pelo art. 12, Lei nº 7.394 de 29 de outubro de 1985.

No dia 22 de junho de 2022, através de Reunião da Diretoria Executiva do CONTER, foram destituídos os diretores TR. Josiane da Silva Maciel (Diretora Presidente), TR. Benedito Lomas da Silva (Diretor Secretário) e a TNR. Conceição Santos de Oliveira (Diretora Tesoureira).

No dia 22 de junho de 2022, a Diretoria Executiva do CONTER, decidiu empossar nova diretoria executiva interventora e provisória do CRTR 19ªR, tendo como representantes:  TR. Jorge Martim da Silva (Diretor Presidente), TR. Gildenor dos Santos França (Diretor Secretário) e TR. Lígia Avelino (Diretora Tesoureiro).

OBJETIVO

Este Relatório tem como objetivo principal relatar as ações realizadas no Conselho Regional de Técnicos em Radiologia 19ª Região – CRTR 19ªR, sendo em todos os âmbitos, financeiro, administrativo e fiscalizatório do Regional conforme registrado na Ata de posse.

DESENVOLVIMENTO DAS ATIVIDADES

No dia 29 de junho de 2022, após recebimento da portaria nº 117 de 23 de junho de 2022, do ato de posse e com o mesmo devidamente autenticado em cartório essa diretoria encaminhou-se ao Conselho Regional Técnicos em Radiologia – CRTR 19º, onde foi recebida pala já ex-diretora que não impôs óbice na passagem do serviço.

Fomos apresentados aos funcionários, que se mostraram colaborativos e dispostos a contribuir com essa diretoria. No nosso time de colaboradores contamos com quatro colaboradores efetivos e um prestador de serviço para responder a todas as demandas desta instituição constituídos por: uma recepcionista, um auxiliar administrativo, um fiscal, um zelador e um agente financeiro (este, disponível por meio expediente).

No dia 4 de julho de 2022, o diretor-presidente, Jorge Martim, e a diretora-tesoureira, Lígia Avelino, disponibilizaram um café da manhã aos servidores como forma de recepção e deram início aos trabalhos.

Foi observado que havia algumas pendencias administrativas de caráter urgente como: pagamento de salários dos servidores; vale alimentação e transporte. A partir desse ponto, foi deliberado que a ex-diretora continuasse executando todos os serviços bancários até que seja possível a transferência de titularidade dos dados bancários para a nova diretoria.

A aclimatação dessa nova diretoria quanto as questões administrativas têm se dado por informações de funcionários, pois temos diversas questões que necessitam de respostas imediatas e pouco acesso à informações acerca do que foi feito por gestões anteriores, os quais detalharemos em relatórios futuros.

A diretoria possui acesso à uma rede interna, por meio dos computadores, onde se encontram arquivos relacionados ao funcionamento de todas as atividades do CRTR19, entretanto, esta rede se encontra extremamente desorganizada tornando praticamente impossível a localização de qualquer documento.

Conforme demostrado, há uma necessidade de organização deste material para que possamos cumprir nosso dever, porém, há uma demanda de pessoal que se mostra imperativa para o devido funcionamento da instituição.

Também podemos constar uma carência de equipamento adequado para o andamento da organização destes documentos. Há uma divergência entre as redes pois os computadores não utilizam do mesmo sistema operacional, dificultando a comunicação e compartilhamento de dados entre eles.

Igualmente evidente é o péssimo estado de conservação no qual se encontra a infraestrutura dessa instituição, a qual iremos relatar para conhecimento do CONTER.

O CRTR19 se encontra em um local de difícil acesso, longe de paradas de ônibus, bancos ou lotéricas, ou seja, mal localizado.

O prédio possui dois andares e uma garagem. A entrada da propriedade possui portão magnético com defeito na fechadura (figuras 1 e 2), fazendo com que seja impossível trancá-lo, gerando sentimento de insegurança para todos que frequentam a instituição e consta perigo ao patrimônio.

Ainda na parte externa do imóvel há um

a pequena copa que possui um frigobar, um fogão (figura 3) e um depósito com alguns materiais quebrados (figura 4), garagem (figuras 5 e 6), consistida por área sem cobertura com 3 veículos sendo eles: um PRISMA com placa OAL 5368 em situação de sinistro (figuras 7 e 8), um UNO MILLE com placa DJL 9339, com bateria inoperante e sem combustível, parado a mais de 7 meses (figuras 9 e 10) e um FIAT CRONOS com placa PHX 6896, faltando combustível e parado a mais de 7 meses (figuras 11 e 12). Todos os veículos supracitados necessitam de regularização do seguro e manutenção preventiva/corretiva.

Voltando ao quesito insegurança, a porta dos fundos (figuras 13 e 14) possui fechadura frágil e que pode ser facilmente violada. Vale ressaltar que nestes últimos três anos e sete meses, passaram pelo CRTR, cinco diretorias interventoras, os membros quais, assumimos, possuem as chaves de acesso à instituição.

Adentrando o imóvel, no primeiro andar, funcionam as áreas administrativas. Ao entrar nos deparamos com um pequeno hall (figura 15) e no edifício encontramos:

  • a recepção (figuras 16 e 17), onde ocorre o atendimento aos profissionais e que possui:
  • uma mesa;
  • um computador (monitor e CPU);
  • uma impressora;
  • um conjunto de cadeiras (x);
  • um bebedouro;
  • um condicionador de ar, este funcionando com limitações e pingando dentro da sala.

Passando para o próximo cômodo, encontramos as dependências administrativas da instituição, onde há uma área com três mesas divididas entre administrativo, contábil e apoio:

  • administrativo (figura 18), que possui:
  • uma mesa;
  • um computador (monitor e CPU);
  • um armário com documentos;
  • uma prateleira com documentos.
  • contábil (figura 19), que possui:
  • uma mesa;
  • um computador (dois monitores e uma CPU);
  • uma impressora;
  • um nobreak.
  • apoio (figura 20), que possui:
  • três armários com documentos;
  • uma mesa;
  • um computador (monitor e CPU);
  • um scanner;
  • um quadro branco;
  • um condicionador de ar, funcionando de maneira limitada e pingando dentro da sala.

Neste mesmo cômodo existe entrada para uma sala lateral que constitui o arquivo (figuras 21, 22, 23 e 24), nesta sala encontra-se:

  • 19 armários de arquivos;
  • dois armários com documentos;
  • um armário com equipamentos com defeitos;
  • uma mesa;
  • um notebook;
  • diversas capas de processo.

Ainda no primeiro andar, encontra-se um banheiro (figura 25) com vaso sanitário e pia funcionais.

Já o segundo andar possui quatro salas que necessitam de reforma, pois se encontram em estado precário. Nestas salas é possível encontrar paredes com grandes manchas de mofo e janelas com insulfilm descolado. As máquinas condicionadoras de ar encontradas no recinto apresentam diversas falhas de funcionamento e em um destes cômodos sequer há uma máquina. A seguir segue a listagem de itens encontrados nos repartimentos do segundo andar:

  • referente à sala 1 (figuras 26 e 27) foi informado que nesta sala há um defeito na janela, que em situação de chuva, entra água. Nesta sala encontramos:
  • uma mesa;
  • dois armários com documentos.
  • referente à sala 2 (figuras 28 e 29), encontramos:
  • duas mesas;
  • três bandeiras:
  • dois armários com documentos;
  • um bebedouro funcional;
  • um condicionador de ar (não funcional);
  • banheiro com vaso sanitário, pia e chuveiro funcionais.
  • referente à sala 3 (figuras 30 e 31), encontramos:
  • uma mesa grande para reuniões;
  • duas mesas;
  • 11 cadeiras (a maioria quebradas ou com defeito);
  • um condicionador de ar (não funcional).
  • referente à sala 4 (figuras 32 e 33), encontramos:
  • três mesas;
  • três computadores (três monitores e três CPUs);
  • um nobreak;
  • um armário com documentos;
  • um condicionador de ar (possui mal funcionamento).
  • banheiro com vaso sanitário, pia e chuveiro funcionais.

 

CONCLUSÃO

O Conselho de Radiologia 19ª Região tem um grande potencial e possui condições de se autossustentar QUANDO forem sanadas todas as dívidas deixadas por gestões passadas e a receita do regional for de fato aumentada. Já demos início em algumas questões, a maior dificuldade ainda enfrentada é o alto nível de inadimplência, apesar de já ter tido um grande avanço nos trabalhos quanto a isso com a implantação do sistema de cobranças da Studio TI.

A ajuda fornecida pelo CONTER é a ferramenta necessária para que o CRTR possa se reerguer, os colaboradores estão se adaptando ao novo sistema e acredito que em pouco tempo teremos uma base firme para que possamos seguir com nosso trabalho para efetua-lo da forma mais competente e proveitosa possível.