Prestação de Contas à Categoria – Administrativo

O Conselho Regional de Técnicos e Tecnólogos em Radiologia da 19.ª Região, nesta segunda-feira dia 24 de dezembro de 2018, véspera de natal vem apresentar a prestação de contas aos profissionais no que se refere ao tema Administrativo.

É notável que um dos mais importantes setores do Conselho é o da Secretaria tendo em vista que o mesmo que presta a maior quantidade de serviços aos profissionais inscritos. A nova Diretoria Executiva quando tomou posse solicitou um relatório detalhado para compreender a situação do referido setor, onde foram encontrados cerca de 80 processos administrativos pendentes na Secretaria, todavia, foram solucionados no primeiro mês e o Conselho se retratou junto aos interessados visando compensar os transtornos no atendimento.

A partir de sugestões e criticas dos solicitantes foi adotada a política de desburocratização dos serviços prestados pelo Conselho, tais como a diminuição do prazo de análise dos processos, utilização de atendimento via WhatsApp Secretaria no telefone (92) 3213-9683 tornando mais fácil e prática a comunicação.

Durante este curto período de gestão foram habilitados 131 (cento e trinta e um) novos profissionais, sendo 114 (cento e quartoze) Técnicos em Radiologia e 17 (dezessete) Tecnólogos em Radiologia. No mesmo período, foram 42 (quarenta e duas) baixas de registro de Pessoas Físicas e 05 cancelamentos de Pessoas Jurídicas. Contudo, ressaltamos também as 09 (nove) certificações de Supervisores Técnicos – SATR, que é aquele profissional essencial em todas as unidades para garantir a segurança da equipe e dos pacientes nos serviços de diagnóstico por imagem.

Apesar dos números possitivos atingidos nos 07 (sete) meses da nova Diretoria Executiva o CRTR 19.ª Região está no situação preocupante junto ao Conselho Nacional – CONTER devido a Inadimplência dos profissionais está alta. Dos 3.784 (três mil, setessentos e oitenta e quatro) profissionais ativos atualmente no Conselho, apenas 25,14% estão regulares com suas obrigações administrativas e financeiras de acordo com o Código de Ética, sendo uma inadimplência 74,86% de profissionais registrados, mas irregulares junto ao Conselho.

Em oportuno, ressaltamos que após ouvir reclamações e sugestões da categoria o Regional tornou mais flexível o atendimento e as formas de negociações de débitos. Considerando que os Conselhos Regionais não recebem verba do governo o Conselho precisará tomar medidas mais intensas visando atender as obrigações junto ao Conselho.

Compartilhem esta publicação e continuem acompanhando nossas midias socias !

Próxima categoria será SERVIÇOS CRIADOS.