Operadores de Radiografia Industrial, Saiba mais.

O Conselho Regional de Técnicos e Tecnólogos em Radiologia da 19.ª Região, baseado na Resolução CONTER n.° 21, de 14 Outubro de 2016, gostaria de ressaltar alguns profissionais registrados junto ao Regional que pertencem à categoria de Operadores de Radiografia Industrial tendo em vista a sua importância profissional.

JOSE ROBERTO ALVES DE OLIVEIRA, Registro: 00001I
BRUNO DOS SANTOS COSTA, Registro: 00002I
KAROL AUGUSTO DE AMORIM ZURRA, Registro: 00003I
JORGE RABELO DE SANTANA, Registro: 00004I

A Radiologia Industrial é um das 05 (cinco) especialidades que pertecem ao objeto da profissão dos profissionais das técnicas radiológicas e você sabia que a faixa salarial de um profissional deste segmento faria entre 3 mil à 15 mil.

Em oportuno, informamos que o Instituto de Especialização do Amazonas – ESP possui a Pós-Graduação em Radiologia Industrial e Proteção Radiológica, para mais informações Clique aqui.

Vamos conhecer um pouco sobre esta área !

A radiografia industrial é um tipo de ensaio não-destrutivo, assim como a radiografia na área médica, o método é baseado no disparo da energia da radiação em um alvo com o objetivo de obter uma imagem radiográfica desse alvo. Na área médica a radiação interage com o corpo humano ou veterinário, já na área industrial, a irradiação interage com diferentes materiais e peças. Mas o princípio físico é o mesmo.

Enquanto a radiografia médica possibilita a visualização de fraturas ósseas, na radiografia industrial é possível visualizar descontinuidade de materiais, como rachaduras, falhas em soldas, variações na composição de peças.

A radiação pode ser detectada por meio de um filme ou tubo de imagem. A radiação também pode ser medida por detectores eletrônicos de radiação. A variação da quantidade de radiação absorvida pelos detectores indica a existência ou não de uma falha no material. Ou seja, o material é irradiado, a radiação interage com o material que absorve a energia, se houver radiação chegando nos detectores significa que há espaços vazios no material.

A radiografia industrial é muito utilizada na inspeção de soldas, materiais fundidos e forjados. Está presente no controle de qualidade de industrias automotivas, industrias navais, industrias siderúrgicas, aviação e materiais bélicos, como explosivos. Também possui ampla aplicação nas industrias de petróleo e petroquímicas, como a Petrobrás.

Na industria de aviação, os Ensaios Não-destrutivos são fundamentais. A fabricação de aeronaves é um processo complicado e caro. A radiografia detecta pequenos defeitos, evitando possíveis acidentes.

A radiografia industrial permite o registro de informações e evidências para que a inspeção do controle de qualidade seja incontestável. Além da energia dos Raios-X, a radiografia industrial também é realizada com a energia dos Raios Gama, chamado de Gamagrafia.

A Gamagrafia pode ser realizada em instalações abertas, como torres de processamento de gasolina e de alcóol, tubulações, entre outras aplicações.

Uma outra aplicação está na inspeção de segurança não-invasiva, isso é a utilização dos Raios-X para verificar o interior de bagagens, volumes, cargas e containeires. Também utilizada para garantir a segurança em presídios, portos, aeroportos, alfândegas, eventos, estádios, estradas, rodovias, fronteiras, para combater a sonegação fiscal e o tráfico de drogas e armas.

Na Copa do Mundo de 2014, realizada no Brasil, foram utilizados aparelhos de Raios-X para evitar que pessoas entrassem nos estádios com armas ou explosivos.

Bibliografia: http://radiologia.blog.br/radiologia-industrial/radiografia-industrial-conheca-as-aplicacoes-e-o-mercado-de-trabalho