CRTR 19a. Participa de Audiência Pública em Roraima em Defesa da Classe.

Um marco para a categoria dos profissionais de radiologia foi a audiência pública realizada no plenário Deputada Noêmia Bastos Amazonas, nesta sexta-feira (25). O Sindicato dos Tecnólogos, Técnicos e Auxiliares em Radiologia (SINTEAR) e o Conselho Regional da 19ª Região (CRTR), representado por seu Presidente, TR. Tarciso Meyra, se fizeram presentes no evento e questionarem a redução de 40% para 20% no pagamento de insalubridade para a categoria. Desde 2015, os profissionais recebem o valor da base nacional, mas há três meses sentiram a diferença com o corte pelo Governo do Estado.

O projeto de lei complementar do Governo do Estado, encaminhado à Assembleia Legislativa de Roraima no início deste mês, não condizia com o acordo feito entre a categoria e o Executivo. Segundo o TR. Tarciso Meyra, a mensagem estava equivocada pois trazia classificações como graus mínimos, médios e máximos, coisas que não existem atualmente.

O projeto está em tramitação no legislativo, por isso foi preciso intervir junto aos deputados, que prontamente atenderam à categoria, e os órgãos representativos da classe convocaram os profissionais para discutirem o tema, em uma Audiência Pública.  Para garantir a continuidade do pagamento dos 40% de insalubridade, foi realizada uma emenda modificativa ao projeto de lei complementar que deverá entrar em votação na sessão plenária desta terça-feira (29). Além do pedido de apoio à votação da emenda modificativa, encaminhada pelo Sindicato e Conselho de Radiologia, outras reivindicações dos profissionais foram apresentadas, os quais vêm enfrentando nas suas rotinas de trabalho, como a falta de equipamentos de proteção individual, aumento na demanda, além da própria redução do pagamento de insalubridade.

No Estado, pelos dados do SINTEAR, atuam 140 profissionais em Radiologia. Para o TR. Tarciso Meyra, o Governo não pode apresentar uma lei que regrida os direitos dos servidores. “Somente com a união da categoria, que se fez presente, foi possível convencer os parlamentares da necessidade da emenda ao Projeto em questão, sem esse apoio, não teríamos logrado êxito. Esperamos que os deputados votem pela aprovação do Projeto com a emenda modificativa e conclamamos todos os técnicos, tecnólogos e auxiliares de radiologia a se fazem presentes nesta terça-feira, 29 de Outubro, na Assembleia de Roraima e juntos cobrarmos a aprovação desse Projeto de Lei. O servidor não pode ser penalizado e ter sua renda comprometida”, ressaltou o presidente do Conselho de Radiologia.